Pombos podem diagnosticar tecido maligno do câncer de mama

Pombos podem diagnosticar tecido maligno do câncer de mama



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

As habilidades visuais dos pombos podem ser usadas para medicina?
Os pombos podem distinguir o tecido mamário benigno do maligno nas fotos e identificar corretamente as microcalcificações relevantes para o câncer nas mamografias, relatam cientistas da Universidade da Califórnia (UC) sobre seus resultados de pesquisa atuais. A última é "uma tarefa extremamente difícil, mesmo para observadores humanos qualificados", afirmou a UC.

Segundo os pesquisadores norte-americanos, os pombos têm habilidades visuais especiais que podem ser usadas para fins médicos. "Com um pouco de treinamento e aprimoramento alimentar direcionado, os pombos eram tão bons quanto as pessoas em categorizar slides digitalizados e mamografias de tecido mamário humano benigno e maligno", diz o autor do estudo, professor Richard Levenson, da UC. Os cientistas publicaram seus resultados na revista especializada "PLoS One".

Treinamento no monitor
Com base em estudos anteriores sobre as habilidades visuais especiais dos pombos, os cientistas da Universidade da Califórnia investigaram se as aves também poderiam contribuir para a avaliação de imagens para o diagnóstico de câncer. Para o estudo, 16 pombos aprenderam a distinguir imagens benignas de tecido mamário de imagens malignas de tecido mamário em um monitor. Eles tiveram que bicar a resposta correta no monitor e, em seguida, receberam uma recompensa por isso. Se a decisão estava errada, nenhuma recompensa foi dada e os pássaros receberam a imagem novamente para corrigir seu erro. Em uma primeira série de testes, os pombos passaram por inúmeras imagens com diferentes ampliações, cores e pontos de contraste antes de poderem aplicar o conhecimento que haviam aprendido em um segundo experimento.

Resultados combinados com precisão de 99%
Na segunda tentativa, os pombos viram fotos de tecido mamário benigno e maligno, mas eram imagens completamente novas. Eles também receberam uma recompensa nessa tentativa, independentemente de sua decisão estar certa ou errada. O teste mostrou que "os pombos foram capazes de generalizar o que aprenderam e identificar corretamente a maioria das lâminas digitalizadas", disse o professor Levenson. As aves são extraordinariamente hábeis em diferenciar entre câncer de mama benigno e maligno, relata o médico. Essa habilidade geralmente requer treinamento longo para as pessoas. A precisão diagnóstica dos pombos aumentou de 50% no início para quase 85% após cerca de duas semanas de treinamento. Quando os resultados de quatro aves foram combinados, a precisão aumentou para 99%.

Surdo na medicina?
Em um experimento adicional, os cientistas treinaram os pombos para diferenciar imagens de mamografia com e sem microcalcificações, com uma precisão média de 84%. Um feito que, segundo os pesquisadores, também está a par dos radiologistas humanos. No entanto, os pombos tiveram dificuldade em diferenciar a densidade do tecido mamário, o que também é crucial na determinação do câncer de mama. No geral, no entanto, de acordo com os pesquisadores, os pombos mostraram um potencial promissor que também poderia ser usado para fins médicos. Por exemplo, as aves poderiam ser usadas para validar tecnologias de imagem recém-desenvolvidas, que são uma "atividade difícil, demorada e cara" que normalmente exige o recrutamento de profissionais médicos para essa "tarefa comparativamente mundana", escrevem Levenson e colegas. fp)

Informação do autor e fonte



Vídeo: POMBO DE RUA? NÃO! POMBOS CORREIO! RICHARD RASMUSSEN